Metas de vendas: como fazer e qual sua importância?

A sua empresa certamente precisa lidar com vendas todos os dias. Mesmo que o seu negócio não seja pautado exatamente em uma atividade fim comercial, como um supermercado, por exemplo, ela precisa se preocupar seriamente em conseguir comercializar seus produtos e serviços, mesmo que seja para distribuidores ou para o consumidor final.

Por isso, é sempre muito importante para o seu negócio estar atento e em consonância com o que diz o mercado. Uma das formas de se fazer isso com eficiência e garantir bons números para a sua empresa é delimitando metas de vendas para o seu negócio e aplicando as mudanças necessárias à sua empresa.

Crescimento com inteligência e sustentabilidade

Por que estabelecer metas de vendas para a sua empresa? Bom, as respostas para esta pergunta podem ser muitas. Mas a primeira delas é que: precisamos estabelecer metas para que o negócio tenha um crescimento inteligente e sustentável. Muitas empresas, por diversos motivos, experimentam momentos de um crescimento rápido, exacerbado e aparentemente muito bem sucedido. Na verdade, em boa parte das vezes, este salto é sucedido por uma derrocada igual ou até mais rápida do que o crescimento.

Isso acontece porque a expansão acontece sem planejamento e sem a devida sustentação de apoios fundamentais que vão dar amparo e segurança à empresa. Uma destas ferramentas é o estabelecimento de metas.

Acompanhar desempenho do negócio

Além disso, as metas também são uma boa forma de se acompanhar o desempenho do negócio, especialmente de sua equipe. As diferentes frentes de vendas – ativas, passivas, conclusivas de negócio, prospectoras, propagandistas, etc, precisam estar muito bem orientadas sobre o que se espera de cada um desses setores.

Se o negócio está performando bem, certamente as metas serão aproximadas, igualadas, ou com uma grande chance de serem batidas, o que é ótimo! Se o seu negócio está “mal das pernas”, ou com um problema que mereça real atenção, ele terá um distanciamento considerável da régua esperada.

Conhecer erros e acertos, estabelecer estratégias

Ao acompanhar este desempenho, os erros e acertos certamente ficarão em evidência para que a sua empresa possa corrigi-los e perseguir a excelência com a elaboração de boas estratégias. Esse é um bom momento para dialogar com os seus colaboradores e estudar muito bem todas as suas estratégias de venda até agora. Comece a pensar também sobre marketing e avaliar de onde vem cada uma de suas vendas. Tente pensar como potencializar estes resultados e permitir que o seu time comercial tenha a melhor performance.

Saber em que momento expandir ou encolher a empresa

Através das metas, você também consegue saber em que momento a sua empresa está vivendo. Rendimentos muito acima da meta denunciam que a equipe pode estar subutilizada e é uma boa hora para contratar. Equipes aquém da meta podem estar ineficientes e precisam ser revistas por seu time de performance. As análises e interpretações podem ser feitas durante consultorias empresariais especializadas e experientes, como a prestada pela GGV Consultoria.

Aplicar as metas e comunicá-las adequadamente

Mas e como estabelecer as metas para sua empresa? Normalmente as metas são feitas pensando-se em um quarter, ou trimestre, e são projetadas para este período. Claro que elas acabam sendo destrinchadas em meses, mas normalmente existem três diferentes períodos dentro de cada quarter, por isso não basta apenas pegar a meta trimestral e dividir por três. Tudo irá depender do que pensam as lideranças acerca das potencialidades e intenções da empresa.

O estabelecimento de metas também não diz respeito apenas a fatores intrínsecos à companhia. O mercado também diz muito sobre como uma meta deve ser estabelecida. Por exemplo, se o negócio em questão for muito afetado por ciclos econômicos, suas metas de vendas também serão diretamente impactadas.

Ou seja, um bem de consumo que pode ser substituído por outro bem semelhante e mais barato certamente será impactado no caso de uma recessão. Nesses casos, não faz o mínimo sentido que os gestores joguem a meta “lá pra cima”.

Entretanto, se a economia cresce, é importante que a empresa cresça junto e com ambição. Uma meta agressiva para esses momentos pode ser o ideal, principalmente se a companhia tiver o potencial suficiente para bater a meta com algum esforço.

Tenha consultoria empresarial e vença todas as metas! Acesse e fique por dentro do mundo dos negócios!