5 passos para você transformar seu negócio em uma franquia

5 passos para você transformar o seu negócio em uma franquia

5 passos para você transformar seu negócio em uma franquia

Empresários que buscam expandir os negócios de sua empresa podem pensar sobre transformá-la em uma franquia. Franquear sua empresa é uma das opções para fazer com que o capital cresça em uma modalidade de empreendimento que já possui bastante consolidação no mercado brasileiro, e que apresenta crescimento de tendência. Contudo, para fazê-lo, é necessário sempre tomar muito cuidado, fazer um bom planejamento é ficar atento a algumas etapas e dicas necessárias para que o seu negócio possa ser expandido com sucesso e minimizando-se os riscos.

Neste artigo, o empresário poderá contar com cinco dicas importantíssimas para conseguir transformar seus negócios em uma franquia de sucesso. Desde já, ressaltamos que este é um processo de fôlego, que exige dedicação e muito estudo por parte do investidor, além de uma gestão de qualidade para garantir que o empreendimento faça os investimentos renderem.

Análise aprofundada do negócio

Antes de começar o processo de transformação de sua empresa em uma franquia, é necessário um processo de auto análise. Essa análise deve ser feita em relação aos seus negócios, às condições de sua empresa, aos produtos e serviços que seu empreendimento oferece e enquanto gestor ou investidor. Neste estudo, busca perceber os perfis de seus negócios a fim de estabelecer um planejamento de negócios e um planejamento financeiro que deem conta do aporte necessário para essa mudança.

É essa a primeira etapa, necessária para que as próximas possam se tornar possíveis. É importante definir o objeto de sua empresa e suas intenções enquanto empresário. Fazer um planejamento estratégico e financeiro que estabeleça metas e um estudo de mercado que compreenda forças, fraquezas, ameaças e oportunidades (Análise SWOT – ou FOFA, em português). Com esta etapa concluída, é hora de começar a colocar “as mãos na massa”.

Adequação da empresa e do empreendedor para trabalhar como um franqueador

Após analisar profundamente o mercado, sua empresa e a você mesmo, é provável que você tenha encontrado algumas lacunas a preencher e algumas mudanças necessárias para que esse negócio possa ser expandido e se tornar uma franquia. É o momento, portanto, de fazer as adequações necessárias, tanto ao formato de funcionamento de sua empresa – modernizar, flexibilizar, padronizar, aprimorar – e mudar também determinados comportamentos seus enquanto gestor.

Afinal, enquanto CEO de uma franquia, você terá muito mais incumbências do que tinha antes para se preocupar. Portanto, é o momento de estudar sobre administração e diferentes modelos de negócio. Prepare-se para superar crises e para enfrentar riscos mais do que antes, pois agora, além de sua própria empresa, você deve se preparar para auxiliar nas crises das empresas dos franqueados.

Prepare os produtos e serviços de sua empresa, defina-os, delimite-os, precifique-os. Faça com que esses produtos tenham padrão, nome, e possam ser facilmente vendidos. Quanto mais liquidez os produtos e serviços de sua empresa tiver, é mais fácil de se conseguir franqueados para adquirir os direitos da marca e trabalhar com você.

Registro da marca, patentes e propriedade intelectual

Você deve fazer o registro de marca da sua empresa junto ao IPNI, pois só com o protocolo do pedido é possível se tornar uma franqueadora. Esse processo pode demorar até 36 meses para sair o deferimento e nesse período você já pode elaborar a documentação necessária para expansão do seu negócio.

Uma vez que os produtos e serviços de sua empresa estejam concluídos, é importantíssimo patenteá-los e proteger a propriedade intelectual do seu negócio. Lembre-se que sua franquia terá serviços e produtos que serão oferecidos por centenas ou até milhares de franqueados em todo o país, portanto, é importante que todos eles ofereçam o mesmo padrão de produtos e serviços aos seus consumidores.

Patentear e gerir de maneira adequada a propriedade intelectual de sua franquia também ajuda a prevenir contra eventuais plágios ou outras apropriações de mercadoria de forma criminosa, protegendo o seu patrimônio e garantindo que todos os investimentos feitos em desenvolvimento de produtos e consolidação da marca não sejam desperdiçados. A patente de produtos e serviços pode ser um serviço extremamente moroso e burocrático que, em alguns casos, leva até anos para ser concretizado. Reserve tempo e recursos para investir nesse processo. Quando sua mercadoria é inovadora e inédita no mercado, ou até mesmo a forma de prestar algum serviço possui características específicas, pode ser bem mais fácil de se estabelecer a patente.

A construção de sua marca e da identidade visual de sua franquia também será fundamental, porque além dos produtos e serviços, é a marca de uma franquia que faz com que ela seja vendida a franqueados e consumida pelos clientes. Monte um projeto atraente, criativo e que seja a cara de sua empresa.

Estrutura jurídica e burocracia

Assim como para a abertura ou a expansão de qualquer empresa no Brasil, tornar seu negócio uma franquia também é um processo bem burocrático. Lembre-se de fazer todas as adequações na Receita, no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ), no Registro Estadual, nas autarquias municipais e demais órgãos competentes específicos para determinados tipos de produtos e serviços.

Não deixe também de contratar uma competente equipe de assessoria jurídica para trabalhar em sua franquia. Lembre-se que para todo franqueado será assinado um contrato, e estes termos precisam estar bastante claros para serem cumpridos por todos na hora de adesão. Em eventuais imbróglios jurídicos de qualquer natureza, seja com franqueados, com consumidores ou outros, sua equipe de advogados estará pronta para entrar em ação e prestar o apoio necessário. Invista bastante nessa parte para ter maiores garantias de proteção do seu patrimônio.

Selecionar ou captar franqueados e montar planos para expandir o negócio

Agora que todos os detalhes relativos à conversão de seus negócios em uma franquia foram cumpridos, é hora de prospectar. É importantíssimo começar os negócios de sua franquia com uma sólida base de franqueados. Procure empresários de ramos semelhantes que possam ter interesse nos seus negócios e ofereça sua franquia a condições especiais. Preste apoio administrativo e faça sua marca se tornar cada vez mais conhecida e preferida pelos consumidores. O resto é mercado: com preços razoáveis e produtos ou serviços de alta qualidade, o público consumidor naturalmente procura pelo melhor.

Tenha uma sólida estrutura empresarial para fazer contato com novos franqueados e manter uma boa relação com o que já fazem parte da franquia. Faça o negócio crescer, render e se expandir cada vez mais. Estude os cases de sucesso para conhecer os acertos e erros de alguns destes empresários franqueadores e invista no crescimento de seus negócios.



Autor: Leonardo Beling
Publicitário, especialista em Planejamento e Gestão de Negócio e Coach, é apaixonado por assuntos ligados a empreendedorismo, inteligência emocional e alta performance. Diretor de Markerting da GGV, semanalmente escreve para o blog GGV e grava vídeos de conteúdo para as redes sociais. Locutor e compositor nas horas vagas.
1
×
Olá Empreendedor, tudo bem?
Me conte sobre o seu negócio!