8 características que todo gestor eficiente deve ter

8 características que todo gestor eficiente deve ter

Nas empresas modernas, a figura do gestor tende a se consolidar cada vez mais, devido ao seu papel estratégico. O profissional que alcança essa posição tão almejada tem a missão de conduzir todos os demais colaboradores em direção aos objetivos do empreendimento, respeitando sempre seus valores e a sua cultura organizacional.

Mais do que conhecer bem a empresa em questão e ter uma formação condizente com as habilidades que um cargo como esse exige, existem outras características essenciais para um gestor eficiente. Vamos ver quais são elas.

Responsabilidade

Essa característica está sendo colocada no sentido de assumir as responsabilidades e não apenas esperar para colher os louros da vitória. Isso significa que um gestor eficiente identifica os empecilhos que a sua equipe pode encontrar pelo caminho e toma a frente para resolvê-los.

O gestor precisa abrir os caminhos necessários para que o grupo realize um bom trabalho e, assim, as metas sejam alcançadas, sejam as de curto, médio ou longo prazo.

Liderança pelo exemplo

Há muito tempo a figura do gestor que fica em sua sala dando ordens para serem cumpridas caiu por terra. Nas empresas modernas, quem ocupa um cargo de gerência precisa, antes de tudo, dar o exemplo para a equipe.
Isso significa demonstrar na prática como aplicar as metodologias; como conduzir o relacionamento com o cliente quando for o caso; como utilizar as ferramentas tecnológicas no dia a dia.

Em resumo, o gestor deve praticar o que ensina para a equipe.

Saber valorizar

Hoje em dia, nenhum funcionário aceita se dedicar ao máximo para que outra pessoa receba os méritos, até porque, não há nada de justo nisso. É essencial que o gestor saiba reconhecer o esforço de cada colaborador, valorizar a sua dedicação e os resultados obtidos. Isso mantém a equipe estimulada, melhora a produtividade e promove um clima mais saudável dentro da empresa. Ou seja: apenas benefícios!

Humildade

Um gestor arrogante não se mantém por muito tempo, porque essa tarefa exige humildade. É primordial pedir ajuda quando necessário.

Muitas vezes, é a sua equipe que permanece o tempo todo no front da batalha, por isso, conhece melhor os procedimentos operacionais, sabe identificar o que funciona ou não na prática do cotidiano. Escute a opinião dela, leve em consideração, não queira que a sua verdade sempre permaneça a qualquer custo, porque essa não é uma postura eficiente e muito menos inteligente.

Autoconfiança

A equipe precisa olhar para um líder e confiar nele, caso contrário, o clima de instabilidade vai se instaurar e isso não gera resultados positivos. É por isso que um gestor precisa trabalhar no sentido de desenvolver a sua autoconfiança, porque só assim vai conseguir transmitir essa credibilidade ao restante do staff.

Capacidade de delegar

Do mesmo jeito que existem gestores que insistem em dar ordens sem se envolver no trabalho prático, há outros que não delegam as tarefas. Pois a função de um líder é exatamente essa: saber distribuir as demandas de acordo com a função e as habilidades de cada colaborador. Só assim o gestor consegue ter tempo suficiente para se dedicar à elaboração e execução de ações mais estratégicas, que é o que se espera dele.

Criatividade

Comodismo é uma palavra proibida no vocabulário de um gestor eficiente! Faz parte do escopo de trabalho da gerência buscar sempre novas soluções ou novos formatos para realizar os trabalhos. Para isso, o profissional tem que estar atento às novidades do mercado e buscar atualização constantemente, seja por meio de cursos, workshops, feiras, leitura ou qualquer outra coisa que aumente o seu repertório.

Capacidade de gerenciar pessoas

Antes de tudo, o gestor está a frente de um grupo de pessoas. Parece bem óbvio, mas a verdade é que nem todos se lembram de que colaboradores são humanos, terão seus bons e maus dias, podem se envolver em conflitos com os colegas de equipe, podem deixar que o emocional aflore muito em determinados momentos.

Um líder eficiente está preparado nesse sentido e sabe como proceder nessas situações. Mais do que isso: exercita a sua empatia diariamente, fazendo com que o ambiente de trabalho não perca a sua dimensão humana, sem tratar os colaboradores como máquinas de produzir.

Qual é a característica que você considera mais importante para um gestor?