Dicas de sucesso com o espírito empreendedor do Arnold Schwarzenegger

Dicas de sucesso com o espírito empreendedor do Arnold Schwarzenegger

Sim, o Arnold Schwarzenegger pulsa empreendedorismo e olha que eu nem estou falando de como ele alcançou um patrimônio de 300 milhões de dólares. Ao longo destas linhas vou contar a você o que está por trás de todos os resultados extraordinários e como alcançá-los.

A chama empreendedora

Diga-me uma coisa: você já desistiu de algum sonho/objetivo? Ok, relaxa eu não estou aqui para julgar você e nem para dizer que você é especial por isso, apenas 8% da população alcança seus objetivos/sonhos.

O que distancia as pessoas desse seleto grupo são alguns motivos, como por exemplo: crenças limitantes e a sede por resultados rápidos.

Independente de qual seja a sua profissão, o espírito empreendedor faz a diferença.
Ele tem que estar aceso se você quiser prosperar e traçar um futuro melhor. A nossa pressa tem um preço muito caro, pois faz com que desviemos o foco e adiemos o êxito. A pressa não está presente apenas na geração Z, que é conhecida por ser inquieta. Todas as outras gerações sofrem ou já sofreram de ansiedade.

O fracasso não existe

O fato é que as pessoas desistem antes de chegar a algum tipo de resultado, podendo ser positivo ou negativo. Gosto de pensar que o fracasso não existe, ele simplesmente faz parte do processo como outra etapa qualquer.

Cada passo percorrido vai gerar um resultado e mesmo ele sendo negativo, você deverá analisar as causas, ajustar as estratégias e continuar.

Bem parecido com jogar videogame, morreu/falhou, volte ao check point e vá até passar de fase.

No Pain, No Gain

Este singelo ditado significa “Sem dor, sem ganho”, muito conhecido no mundo do fisiculturismo através do atleta Arnold Schwarzenegger, cuja expressão não foi criada por ele.

A expressão foi vista pela primeira vez no Século II, no livro “A ética dos pais” onde o rabino Ben Hei usava a frase como analogia religiosa. Logo depois, grandes escritores utilizaram a expressão em seus livros.

A lista bibliográfica que cita a expressão é grande, como:

“The Hesperides And Noble Numbers”, de 1650, do poeta Robert Herrick onde ele diz “Sem dor, sem ganho. Se o trabalho é pouco, pouco são os nossos ganhos: a fortuna do homem está de acordo com suas dores”;

“O Caminho da riqueza” de 1758, escrito pelo diplomata americano Benjamin Franklin.

Arnold e Jane Fonda, atriz e guru dos exercícios físicos, foram os responsáveis por difundir o termo, por volta de 1982, ficando conhecida no Brasil através da venda dos DVD’s “Pura Energia”, onde ela fazia treinos aeróbicos.

A ciência por trás dos grandes resultados

Uma pesquisa realizada pela Universidade Columbia constatou que nosso cérebro é preguiçoso e vai fazer de tudo para evitar a fadiga e fazer você desistir, seja de um projeto para perder peso ou de trabalhar/estudar incansavelmente para atingir algo maior.

Dr. Richard J. Davidson, Ph.D. pela universidade de Harvard, diz que o segredo dos grandes resultados se baseia em três virtudes, são elas: compaixão, gratidão e presença, com base nisso ele criou uma técnica para aumentar os resultados, vamos lá:

Prática dos 5-3-1:

  • Medite 5 minutos por dia: o foco está diretamente ligado com o equilíbrio do corpo e da mente, cada dia que passa temos mais compromissos e preocupações. Contudo, numa vida agitada e corrida, precisamos parar e retomar o foco para alcançar nossos objetivos;
  • Liste 3 coisas boas que aconteceram com você: ser grato aumenta o nível de satisfação e de felicidade;
  • Pratique 1 gentileza por dia: a caridade é boa para quem faz e para quem recebe, seja ela qual for, pode ser desde segurar a porta para uma pessoa passar, ajudar alguém com necessidade a atravessar a rua ou um trabalho voluntário.

Conclusão

Como aquela velha expressão diz “O único lugar onde o sucesso vem antes de trabalho é no dicionário”, coincidência ou não, no mesmo dicionário, a palavra “dor” vem antes de “ganho”.

Portanto, Arnold Schwarzenegger não foi por sete vezes o maior fisiculturista do mundo, ganhando a sua segunda competição do Mr. Olympia em 1970, com 23 anos, e nem a sua última em 1980, com 33 anos, porque teve sorte ou uma genética boa. Ele teve disciplina e muito foco.

Arnold Schwarzenegger tem o espírito empreendedor dentro de si, isso se mostra pela sua resiliência, por não se deixar abalar, mesmo perdendo a sua primeira competição em 1969. Portanto, persista, implemente o espírito empreendedor na sua vida pessoal e profissional.

Colocando os aprendizados adquiridos neste texto em prática, não tenho dúvidas que seus objetivos estarão mais próximos e que a sua qualidade de vida irá aumentar.

Se você quiser fazer parte do seleto grupo dos 8% que alcançam seus sonhos, lembre-se:

  1. Não tenha pressa, o resultado vai chegar;
  2. Fracassou? Volta de onde parou, mude a estratégia e recomece;
  3. No pain, no gain: a dor/dificuldade faz parte da caminhada, então relaxe;
  4. Disciplina: faça aquilo que tem que ser feito, na hora que tem que ser feito;
  5. Não caia na armadilha do seu cérebro, ele é preguiçoso e quer ver você desistir;
  6. Pratique 5-3-1: 5min de meditação; 3 coisas boas; 1 gentileza;
  7. Empreendedorismo tem a ver com resiliência.

Para encerrar este texto quero que você reflita e responda para si mesmo, quanto de dor você está disposto a aguentar, para alcançar o maior sonho da sua vida?

Obrigado por chegar até aqui, um forte abraço.

 



Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

1
×
Olá Empreendedor, tudo bem?
Me conte sobre o seu negócio!