Aprenda como fazer um bom planejamento estratégico para sua empresa

Aprenda como fazer um bom planejamento estratégico para sua empresa

Aprenda como fazer um bom planejamento estratégico para sua empresa

Saber aonde quer chegar é fundamental para a sustentabilidade de uma empresa. E, mais do que isso, saber como chegar lá é o que faz a diferença para muitas companhias de sucesso. Ter estratégias bem definidas garante o crescimento e a longevidade de um negócio.

Mas o que fazer para prosperar em um mercado tão competitivo e desafiador como o nosso? Um bom planejamento estratégico sem dúvidas contribui para o sucesso de uma empresa, na medida em que ele avalia fatores internos e externos ao negócio, como oportunidades e ameaças do mercado, por exemplo.

Quer saber como fazer um bom planejamento estratégico? Continue lendo e descubra!

Comece definindo quem é você no mercado

O primeiro passo é definir o seu negócio, missão, visão de futuro e valores. O negócio é o que sua empresa oferece ao consumidor. Mas lembre-se de que essa definição não deve ser feita partindo do óbvio, e sim de uma estratégia de posicionamento. Exemplo: se sua empresa vende chocolates, o seu negócio pode ser “Presentes para momentos especiais”. Nesse caso a venda não é apenas do produto, mas sim da experiência que seus produtos proporcionam.

A missão é uma frase que define a razão de existir da sua marca. Ainda no exemplo da loja de chocolates, sua missão poderia ser “Proporcionar momentos felizes aos clientes”. Já a visão de futuro, mostra aonde você quer chegar em um determinado período de tempo: “Crescer 20% em receita nos próximos 5 anos”. E os valores são comportamentos que devem ser fundamentais para quem trabalha em sua empresa. Ética, agilidade e foco no cliente são alguns exemplos.

Definindo esses itens, você já começa entender melhor quem é sua empresa, aonde ela quer chegar e seu posicionamento no mercado.

Faça uma matriz SWOT

Você já ouviu falar na matriz SWOT? É também conhecida como FOFA, por ser as iniciais de Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças (SWOT são as iniciais dos mesmos termos, porém em inglês). Essa ferramenta ajuda a identificar os aspectos internos da empresa, forças e fraquezas — ou seja, aquilo que você tem de bom e o que pode melhorar internamente — e os aspectos de mercado, externos ao negócio, que são as oportunidades e ameaças.

Pode parecer bobagem, mas parar um tempo para analisar esses aspectos e colocá-los no papel te ajuda a visualizar melhor sua empresa e a contextualizá-la de forma mais coerente no cenário atual. Além do mais, essa análise é a base para a definição das estratégias de sua empresa.

Estabeleça as estratégias

A partir da SWOT, você deve criar estratégias macro para cada item identificado. Se o seu atendimento foi identificado como uma fraqueza, uma estratégia pode ser capacitar a equipe, por exemplo. Pense também como você pode utilizar os pontos fortes a seu favor.

Além disso, veja como é possível minimizar os impactos de uma possível ameaça para o seu negócio e, claro, trace estratégias para aproveitar as oportunidades. É isso que te ajuda a expandir!

Defina metas e ações

Agora que você já tem desenhadas as estratégias, defina metas e ações mensais para atingi-las. É importante que essas metas sejam SMART: Específicas, Mensuráveis, Alcançáveis, Relevantes e Temporais. Ou seja, devem ser claras, fáceis de medir, possíveis de atingir, importantes para a sua estratégia e ter uma data específica.

É fundamental, que além da data limite para a execução, as ações também tenham um responsável, alguns chamam de CPF. Assim, você sabe de quem cobrar, quando cobrar e nenhuma ação fica perdida no meio do caminho.

Viu como o planejamento estratégico não é um bicho de sete cabeças? Basta você dedicar um tempo para analisar o mercado, concorrentes, ambiente externo e sua própria empresa. E você pode fazer tudo isso de forma muito simples, em uma planilha de Excel mesmo. O importante é planejar! Ah, e outra dica importante é acompanhar os indicadores mensalmente para monitorar os resultados e garantir o alcance da meta do ano.

Gostou das dicas? Pronto para fazer agora mesmo o planejamento estratégico de sua empresa? Conte para a gente o que achou deste post!



Autor: Gustavo Resende
Mercadólogo, especialista em finanças e Diretor de projetos da GGV com skills orientadas a gestão de negócios, finanças e relacionamento empresarial.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

1
×
Olá Empreendedor, tudo bem?
Me conte sobre o seu negócio!