Dicas Para Identificar se Sua Empresa Pode Virar Rede de Franquia

4 dicas para identificar se sua empresa está preparada para se tornar uma rede de franquias

4 dicas para identificar se sua empresa pode torna-se franquia

Sua empresa está pronta para se tornar uma franquia? O ramo do franchising já está consolidado no Brasil, e ainda não para de crescer. Há pelo menos 30 anos os empresários brasileiros descobriram nas franquias uma forma de se driblar crises, ter um investimento seguro e apostar em uma empresa de alto rendimento e riscos mais baixos, visto que recebe apoio da franqueadora tanto no ponto de vista logístico como no ponto de vista gerencial.

Sua empresa pode já estar pronta para fazer parte do ramo de franquias! Quer saber como? Neste artigo traremos quatro dicas para identificar se o seu empreendimento já está preparado para se tornar uma rede de franquias de sucesso. Se sua empresa já atingiu corpo e têm demonstrado bom rendimento, vale a pena dar o próximo passo, expandir capital e transformar o seu negócio em uma grande franquia, levando consigo ainda outros empresários.

Confira as quatro dicas que vão ajudar a identificar se sua empresa já pode se tornar uma franquia!

1 – Você conhece sua empresa bem o suficiente? E a si mesmo?

Como todo empresário sabe todo investimento carrega consigo alguns riscos. Por mais que o setor de franquias, por formato, seja um ramo tradicionalmente de risco baixo ou moderado, o empreendedor precisa sempre levar em conta este fator e estudar o máximo possível antes de aplicar seus investimentos.

Conhecer implica, por exemplo, estudar o mercado, estudar a localidade onde as franquias podem se instalar, estudar as características do próprio negócio para avaliar se realmente há demanda suficiente para aquele tipo de atuação ou se a franquia deverá mudar suas atividades, dentre outros conhecimentos necessários – os quais uma boa consultoria empresarial pode conseguir para você com precisão.

Conheça também o seu próprio perfil enquanto gestor e enquanto empresário. Seria você conservador ou arriscado demais? O que você ainda precisa aprender para administrar a franquia adequadamente? Quais são suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças?

2 – Qual será a resposta do mercado à entrada de sua franquia no setor?

Analisar o mercado é importantíssimo para saber como investir e de que forma posicionar sua franquia frente à concorrência. Se sua empresa não tiver desenvolvido um produto ou serviço revolucionário ou inovador você provavelmente estará operando em algum ramo de produção ou prestação que outra empresa já atua. Há duas saídas para esta situação.

Ou sua empresa desenvolve um produto inovador, ou aprende a bater a concorrência com os instrumentos que já possui. Isso envolve preço, condições de pagamento, engajamento com a marca e outros fatores. O importante é responder à pergunta: o mercado reagiria bem à minha franquia? Tenho demanda de franqueados e público consumidor que façam o negócio ser rentável? Bem, se sua empresa já atingiu fôlego suficiente para você pensar em investir na transformação em uma franquia, é bem provável que a resposta seja sim.

3 – Minha franquia pode fracassar?

Para que uma franquia dê certo é fundamental que, logo de cara, ela já consiga obter um número razoável de franqueados para custear a marca e para já colocar em circulação os produtos e serviços produzidos. Converse com empresários do setor ou empreendedores que buscam investir em ramos nos quais sua franquia atua. Busque conhecer suas necessidades e especificidades. Converse com seu consultor e com outros proprietários de franquias para saber de seus cases. Com um início consistente, sua nova franquia pode prosperar muito.

4 – Minha franquia tem uma equipe capacitada?

Para que sua franquia tenha progresso, ela precisa ter uma equipe capacitada desde o chão de fábrica até a outra ponta, que fica sob responsabilidade do franqueado. Por mais que o ônus seja dele, a responsabilidade pelo valor da marca é sua, então invista em captar talentos e colocar em sua equipe profissionais de qualidade. Não se esqueça de ter uma assessoria jurídica competente para atender às demandas que surgirem.

Extra: Ganhe dinheiro!

Sua franquia pode ser muito próspera e isso depende apenas das escolhas que você fará para tornar seu empreendimento uma grande e bem sucedida franquia. Essas e outras dicas você pode encontrar em nosso site. Não deixe de acessar!

Conheça todos os serviços da GGV Consultoria Empresarial.



Autor: Leonardo Beling
Publicitário, especialista em Planejamento e Gestão de Negócio e Coach, é apaixonado por assuntos ligados a empreendedorismo, inteligência emocional e alta performance. Diretor de Markerting da GGV, semanalmente escreve para o blog GGV e grava vídeos de conteúdo para as redes sociais. Locutor e compositor nas horas vagas.
1
×
Olá Empreendedor, tudo bem?
Me conte sobre o seu negócio!