Gestão de Pessoas: Porque ela é importante para o seu negócio

Gestão de Pessoas: Porque ela é importante para o seu negócio

🔊 👇🏼Clique no play e escute este artigo!

Cem por cento dos seus clientes são pessoas. Todos os seus colaboradores são pessoas. Você negocia com fornecedores e parceiros de negócios, que são pessoas. Ou seja, se você não entende de pessoas você não entende de negócios.

Independe de porte de empresa ou segmento de atuação, gerir pessoas é o maior desafio de qualquer negócio. Por mais que a tecnologia avance em alta velocidade, e por consequência diversos profissionais possam ser substituídos por robôs, ainda haverá a necessidade da interação humana para gerir o processo, ou mesmo fornecer um atendimento humanizado.

Desta forma, entender a complexidade do ser humano, se adaptar aos diferentes tipos de perfis comportamentais e ter a capacidade de liderança, são atributos fundamentais.

Na grande maioria das vezes, desenvolver uma competência técnica é muito mais fácil do que mudar um comportamento. Isto ocorre, porque adquirir um novo conhecimento profissional é uma atividade simplesmente racional. Já mudar um comportamento, é preciso trabalhar com o subconsciente das pessoas, ou seja, abrange um aspecto emocional, e que muitas vezes está ligado a crenças limitantes.

Um dos grandes erros dos empreendedores é subestimar a importância desta área para o sucesso do seu negócio. Está lógica, pode até fazer sentido, em um início de negócio, onde a empresa é totalmente dependente de vender para sustentar o empreendimento.

Certamente é importante investir em marketing para divulgar o negócio, administrar com eficiência o departamento financeiro, ter uma equipe de vendas matadora, entre outros. No entanto, após um período de maturidade, é preciso trabalhar de forma profissional a área de Gestão de Pessoas.

O que é gestão de pessoas?

E afinal, o que significa isso? Gestão de Pessoas se trata do conjunto de habilidades, métodos, políticas, técnicas e estratégias com o objetivo de administrar os comportamentos internos e potencializar o capital humano nas organizações.

O objetivo desta área é desenvolvimento pessoal e profissional das pessoas, contribuindo para o aumento de performance e crescimento da instituição.

Abaixo, você verá algumas dicas práticas para você implementar na sua empresa, e que farão toda a diferença no seu clima organizacional e no nível de engajamento da sua equipe.

1 – Organograma e funções

Organograma é um gráfico que representa a estrutura organizacional de uma empresa, bem como a hierarquia de atuação, responsabilidades e relações de cada setor.

Ele visa contribuir para o senso de organização empresarial, assim como para que cada colaborador entenda qual é a sua posição e sua importância para o negócio.

Depois de fazer o desenho do organograma, mapeie quais são as funções, responsabilidade e atividades de cada profissional. O organograma serve para verificar a estrutura da empresa de uma forma macro, já definir as funções e redigir os textos, ajudam o profissional a compreender os detalhes sobre suas atribuições.

2 – Avaliação de perfil comportamental

Uma das principais funções do setor de Gestão de Pessoas, é contribuir para o processo de autoconhecimento do indivíduo. Neste sentido, entender a fundo qual é o perfil comportamental da sua equipe é essencial.

As grandes empresas, que possuem um nível maior de maturidade, adotam a avaliação de perfil comportamental como um critério de avaliação na contratação de pessoas. Para pequenas e médias empresas, esse processo também é indicado, mas o passo inicial deve ser aplicar primeiro as avaliações internas, para que depois isso possa ser incorporado a política de recrutamento.

Se você quiser fazer a avaliação de perfil comportamental da sua equipe, você pode clicar no banner aqui em baixo. Lá tem um teste, baseado em umas das metodologias de perfil comportamental mais conhecidas do mundo.

 

3 – Plano de carreira

O Plano de Carreira é um programa estruturado que define o caminho que cada funcionário poderá percorrer dentro da organização. Ele contém os cargos existentes dentro da empresa, os critérios desejáveis para ocupar tal posição hierárquica, assim como a política de salários e benefícios de cada cargo.

Uma empresa que oferece um Plano de Carreira para seus funcionários, tem um índice de retenção muito maior de pessoas. Isto ocorre porque o colaborador enxerga uma perspectiva de crescimento e visão de futuro atuando no negócio.

O que mais estimula qualquer ser humano, de longe, é o progresso. Se você oferecer as condições as pessoas de desenvolverem pessoalmente e profissionalmente na sua empresa, você ter certeza que terá pessoas motivadas, comprometidas e que vão gerar resultado.

4 – Avaliação de desempenho

Diz respeito ao processo de mensuração do rendimento e desenvolvimento do seu time. É como você fazer uma avaliação física quando prática atividade física, depois de um tempo você precisa refazer para verificar qual foi seu nível de evolução.

Divida a avaliação de desempenho em dois critérios: dimensões técnicas e dimensões comportamentais. Mapeie sob cada área, e sob cada profissional quais são os atributos que envolvem suas competências operacionais para realização do seu trabalho, e quais são os comportamento e atitudes que são importantes para ele performar o máximo possível.

Na área de vendas por exemplo, uma dimensão técnica poderia ser: elaboração de propostas comercial ou alimentar o software do seu funil de vendas.

Já um característica comportamental para ser avaliada, poderia ser: comunicação interpessoal e a objetividade, que são fatores importantes para um profissional da área.

Conclusão

Empreendedor, empresas são feitas de pessoas para pessoas, portanto, o capital humano se torna a maior riqueza e a principalmente ferramenta para o sucesso do seu negócio.

Ninguém cresce sozinho. Todo grande empreendedor precisa de pessoas qualificadas ao seu lado. Então, esteja disposto e preparado para desenvolver pessoas. Elas são o principal ativo para o seu crescimento.

Espero que este texto tenha feito sentido pra você e possa te ajudar a desenvolver estas competências, que são fundamentais para todo empreendedor de sucesso. Para ter acesso a mais conteúdos como esse, continue acompanhando o blog GGV e nossas mídias sociais.

Forte abraço!



Autor: Leonardo Beling
Publicitário, especialista em Planejamento e Gestão de Negócio e Coach, é apaixonado por assuntos ligados a empreendedorismo, inteligência emocional e alta performance. Diretor de Markerting da GGV, semanalmente escreve para o blog GGV e grava vídeos de conteúdo para as redes sociais. Locutor e compositor nas horas vagas.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

1
×
Olá Empreendedor, tudo bem?
Me conte sobre o seu negócio!