Entenda quais são os indicadores para gestão de pessoas

Entenda quais são os indicadores para gestão de pessoas

Entenda quais são os indicadores para gestão de pessoas

Existe um jargão relacionado à gestão que diz que “não se gerencia o que não se mede”. Isso se dá pelo fato de que dificilmente será possível entender os resultados, avaliar se estão dentro do esperado e propor melhorias se não há um parâmetro de análise.

Pensando nisso, resolvemos escrever este artigo para explicar o que é métrica e como ela ajuda na criação do indicador de desempenho e a otimizar a gestão. Confira!

Afinal, o que é métrica?

De maneira resumida, a métrica pode ser definida como um parâmetro de mensuração que ajuda a quantificar uma característica de um processo. Ela é utilizada para explicar os fatos, realizar diagnósticos e projetar resultados.

Uma métrica é o ponto de partida para a elaboração do indicador de desempenho, já que orienta a respeito do tipo de informações que se deseja obter.

Por exemplo:
– Métrica: Quantidade de rescisões realizadas em Dezembro.
– Indicador: Percentual de rescisões por pedido de demissão.
Enquanto a métrica direciona a análise que será feita, o indicador mostra de maneira mais direcionada determinada realidade que se deseja avaliar.

Quais indicadores podem ser utilizados para otimizar a gestão de pessoas?

Agora que você já sabe o que é métrica e sua relação com os indicadores de desempenho, ofereceremos alguns exemplos de como essa ferramenta de gestão pode ajudar a aprimorar a gestão de pessoas. Entenda:

Indicador de absenteísmo

A ausência de um colaborador na rotina da empresa pode causar impactos no negócio que vão desde a geração de custos, até problemas no atendimento ao cliente. Portanto, entender o índice e os motivos que causam essas faltas é fundamental para solucionar o problema.

Além disso, eles podem ajudar a entender questões mais amplas como a cultura organizacional e as condições de trabalho. Se uma quantidade de colaboradores são afastados em decorrência do estresse, por exemplo, pode ser um sinal de que o ambiente não proporciona a qualidade de vida necessária.

Indicador de frequência

Além de entender a dinâmica do absenteísmo, acompanhar os índices de pontualidade também ajuda a compreender o grau de engajamento dos colaboradores e como isso impacta nos resultados.

Problemas com absenteísmo, aliados a uma frequência aquém do esperado podem representar problemas com desmotivação e dificuldades em se adequar às regras da empresa — o que reflete também no desempenho.

Indicador de competências

Conhecer melhor as competências de cada pessoa no time ajuda a melhorar a distribuição de tarefas e também direciona o processo de recrutamento, que possui informações de quais habilidades os candidatos precisam possuir.

Também é uma excelente forma de se estruturar o recrutamento interno, gerando oportunidades de crescimento dentro da empresa, além de preencher as vagas da maneira mais eficaz, ágil e por um custo consideravelmente menor.

Indicador de rotatividade

O turnover — também chamado de índice de rotatividade — auxilia na avaliação da capacidade que sua empresa possui de reter talentos. Além disso, o ideal é manter esses números baixos, já que a saída de um colaborador e a contratação de outro para a vaga gera grandes custos.

Por meio desse indicador também é possível descobrir os motivos que fazem com que os profissionais optem por deixar a empresa e elaborar soluções para essas questões.

Indicador de desempenho

Acompanhar a performance dos processos é fundamental para avaliar os resultados e compará-los às metas. Porém, identificar o desempenho individual nas equipes também é crucial para aprimorar a gestão de pessoas e os métodos de trabalho.

Assim, torna-se possível identificar quais estratégias de treinamento e desenvolvimento precisam ser adotadas. Também se torna possível avaliar os métodos de feedback e de reconhecimento de cada colaborador.

Uma das maneiras mais eficazes de corrigir os problemas e melhorar a gestão de pessoas é por meio do acompanhamento de indicadores. Contudo, antes disso, é preciso compreender o que é métrica e entender que ela precisa estar alinhada com a estratégia empresarial (para que possa garantir os resultados esperados).

O que achou deste post? Quer saber como melhorar seus processos internos? Então aproveite e faça um teste gratuito do software!



Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

1
×
Olá Empreendedor, tudo bem?
Me conte sobre o seu negócio!