Qual a importância de uma boa governança no seu negócio

Qual a importância de uma boa governança no seu negócio

Qual a importância de uma boa governança no seu negócio

Você sabe o que é Governança Corporativa? Este modelo de gestão é mais moderno e está começando a tomar conta das grandes e médias empresas brasileiras. Se você ainda não utiliza esses métodos no seu negócio pode ser uma boa tática importar alguns destes conceitos para deixar o seu empreendimento mais eficiente, econômico e rentável no curto, médio e longo prazo. Se você ficou curioso e quer saber mais sobre esse assunto, então descubra em nosso texto!

O que é Governança Corporativa?

Para entender sobre o conceito de governança corporativa, primeiro é importante conhecer um pouco mais sobre a história e a natureza que as empresas assumem e assumiram ao longo do tempo.

Nos tempos mais antigos, uma empresa tinha como única ação garantir o lucro, sem pensar muito em ninguém. Operava com trabalhos exaustivos e quase escravos, pagavam baixos salários, poluída e usava práticas criminosas em relação ao mercado. Valia tudo!

Com o tempo, foi-se percebendo que uma companhia não pode “produzir a qualquer custo”, e que conceitos como responsabilidades sociais e ações pautadas por valores de eficiência e economia de recursos.

O modelo de negócio também foi sendo alterado com o tempo, o que também forçou algumas mudanças em relação ao trabalho administrativo das empresas. Antigamente, tínhamos majoritariamente oligopólios familiares com estruturas engessadas e administração quase hereditária. Hoje em dia, sociedades mais igualitárias como as S.A e as Equity exigem que as empresas adotem modelos de transparência e ética. E é sobre tudo isso o que diz respeito a governança corporativa.

Os preceitos da governança

Governança significa administrar a empresa mais ou menos como se administra um país democrático. E pensando nisso, as teorias mais aceitas trazem cinco princípios que são indispensáveis para qualquer empresa que almeje ser baseada em valores de Governança: Transparência, Equidade, Prestação de Contas, Cumprimento da Lei e Ética, as chamadas “boas práticas”.

Transparência:

A transparência faz sentido quando falamos em Governança, pois a maior parte das empresas que adotam esta técnica são Sociedades Anônimas que precisam mostrar a seus investidores as reais condições do empreendimento para negociar mais facilmente sobre aportes. Além disso, com transparência, sabemos como uma empresa anda “das pernas”, e assim, investidores terão mais segurança para fazer aportes e expandir o negócio.

Equidade:

A equidade é um conceito que diz respeito à justiça e a igualdade com qual devem ser tratados todos os sócios ou stakeholders, não importando seu peso dentro do negócio. Se um sócio tem 1% ou 30% das ações, eles devem ser tratados com a mesma consideração, tendo seus direitos e deveres respeitados sempre.

Prestação de Contas:

Visto que a empresa possui um número enorme de donos – os sócios – ela precisa prestar contas periodicamente de tudo o que acontece em seus processos, de tudo o que faz. Para isso, ela precisa fazer a prestação através de balanços e divulgações padronizadas, sistematizadas e claras. É padrão entre as grandes S.A – e regra entre todas as empresas listadas em bolsa – que fatos relevantes, independentemente de quando acontecem, devem ser comunicados no ato.

Cumprimento da Lei:

Hoje em dia, uma empresa não pode simplesmente fazer o que quiser. Para contar com investimentos, e fé pública, uma grande companhia precisa também respeitar tudo o que diz a legislação, tanto geral, tanto específica para sua área de atuação, respeitando ainda os direitos dos trabalhadores e agindo de forma transparente, permitindo que os órgãos reguladores façam as verificações adequadamente.

Ética:

A ética está presente em todos os conceitos anteriores, mas ela, em si, também é um princípio a ser seguido por qualquer empresa séria e que queira crescer. Ser ético com os clientes, com os colaboradores, sócios, concorrentes e stakeholders é uma forma de se garantir crescimento saudável, sustentável e com bons prazos.

E é isso que significa a governança corporativa. Mesmo que você seja responsável por uma pequena empresa familiar, aplicar todos os princípios possíveis da governança em seu negócio farão com que ele ganhe muito mais prestígio, eficiência e credibilidade para fazer bons negócios.

Conte com a consultoria empresarial da GGV Consultoria e evolua com sua empresa! Acesse.